Search
  • gerenciadoroh

Baixe os custos da sua empresa tornando o trabalho mais produtivo

A contratação por regime de trabalho intermitente pode ajudar na redução de custos por mão de obra ociosa.

O empregador pode ter o trabalhador apenas nos momentos em que realmente precisar daquela prestação de serviço. Para conseguir trabalhar nesse regime é preciso avaliar qual a demanda da empresa, entender todo o fluxo de trabalho e planejar de maneira assertiva os serviços, de forma a ter o funcionário apenas quando for necessário.

O planejamento é extremamente importante, uma vez que o funcionário deve ser informado com 3 dias de antecedência, que deve se apresentar à frente de serviço e o empegado tem 1 dia para responder a convocação. Essa mão de obra está livre e não fica à disposição do empregador, contribuindo assim para a redução na folha de pagamento.

A folha de pagamento é diferente quando se trata de contratação intermitente, uma vez que os direitos trabalhistas devem ser pagos todos os meses, conforme a prestação do serviço. Além da remuneração é devido pagar ao trabalhador as férias com acréscimo de (1/3) e décimo terceiro salário proporcionais, repouso semanal remunerado e os adicionais legais. Todos os valores devem ser discriminados corretamente na folha de pagamento e os encargos sociais também devem ser pagos e comprovados pelas empresas.

O empregado mantém o seu direito de usufruir de férias a cada 12 meses trabalhados, nesse período de 30 dias ele não pode ser requisitado para o trabalho. Porém os valores referentes às férias o 1/3 de férias já foram recebidos no contracheque mensal, a cada prestação de trabalho intermitente.


Gostou das nossas informações? Baixe o e-book gratuito através do link e saiba mais!


0 views

©2019 por Oliveira Hughes Advogados Associados. Criado por Mana Comunicação